Auxílio Brasil: Conseguimos tornar o aumento para R$ 400 permanente, diz Rubens Bueno

Ampliando a proposta inicial do governo, a Câmara dos Deputados aprovou na noite de quarta-feira a medida provisória (MP 1076/21) e tornou permanente a elevação do Auxílio Brasil até R$ 400. Para o deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR), a mudança no texto enviado pelo Planalto consolida o programa como uma política de Estado e não apenas de governo.

“Pela proposta enviada pelo Planalto, esse acréscimo no valor do auxilio só seria pago até o fim desse ano, ou seja, acabaria após a eleição. Ao tornar essa medida permanente ampliamos a abrangência do programa. Chegamos a tentar um valor maior, de até R$ 600, mas essa proposta acabou não sendo acatada pelo relator e pela base do governo”, explicou Rubens Bueno.

O auxílio Brasil foi criado em agosto do ano passado para substituir o Bolsa Família. No primeiro momento a valor médio pago foi de R$ 217. O benefício extraordinário será calculado a partir da soma dos benefícios financeiros do Auxílio Brasil para famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza.

“Sempre defendemos que essa transferência de renda é fundamental para socorrer as famílias que sofrem com a miséria e com a fome. Esses programas resgatam um pouco da dignidade das pessoas. E aí não importa se está sendo implantado pelo governo A ou B. Mas também precisamos ter em mente outras políticas que possam gerar emprego e renda e abrir uma porta de saída para essas pessoas”, finalizou Rubens Bueno.

COMPARTILHAR

O site do Deputado Rubens Bueno utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa Política de Privacidade.