Notícias

 

A Lei nº 13.290, de autoria do deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR), foi destaque na revista Quatro Rodas de setembro. A edição traz uma reportagem de três páginas com testes feitos por peritos na área, dados que compravam a eficácia da lei, opiniões de especialistas e elogios acerca da necessidade de implementação da lei.

Segundo a publicação especializada, após um ano da lei em vigor, os números de colisões frontais caíram significativamente, sendo que nesse período após a regulamentação foram registrados 2.444 colisões frontais contra 2686 do ano anterior à determinação. Uma redução de cerca de 10%.

Para dar mais uma prova da eficiência da lei, a revista convidou peritos e realizou testes com três veículos diferentes. Segundo o texto, o resultado foi que, com o farol aceso durante o dia, a distância de percepção do carro na via contrária é 567% maior. Os testes identificaram que com as luzes apagadas um veículo é perceptível a 300 metros de distância, porém, com o farol aceso, aumenta para 2000 metros.

Além destes dados e testes, a revista ouviu também personagens contrários a lei, opiniões de especialistas e de agentes de trânsitos. Para finalizar, a reportagem destaca que após um ano da lei, a redução de acidentes frontais só mostra que a medida era mais que necessária.

A lei do farol mostra que um pequeno gesto salva vidas

“O resultado do teste da revista foi uma ótima forma de comemorar o primeiro ano de vida da lei do farol. Como eu já dizia na época em que apresentei esses projeto, trata-se de um pequeno gesto que salva vidas”, comemorou o deputado Rubens Bueno.

 Caso queira conferir esta e outras reportagens, adquira a edição do mês de setembro da revista Quatro Rodas.

quatrorodas1

  

 

quatrorodas3 

 

quatrorodas2 

Gabinete Parlamentar no Paraná
Rua Dr. Manoel Pedro, 683
Cabral - Cep: 80035-030
Curitiba-PR
Tel.: 41 3259-3223

Gabinete em Brasília
Câmara dos Deputados
Anexo IV, gab. 623
Cep: 70160-900
Brasília-DF
Tel.: 61 3215-5623

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Bruc Internet.